O QUE A HOTELARIA AMERICANA TEM A NOS ENSINAR?

Os americanos com sua larga expertise na arte de empreender, tem de fato muito a nos ensinar na Hotelaria. São arrojados e muito criativos; mas acima de tudo, tem um jeito dinâmico e prático para fazer seus meios de hospedagens funcionarem baseados em uma operação assertiva e focada em resultados.

O uso da tecnologia á favor do conforto e da praticidade do hóspede, é fortemente considerado nos Estados Unidos. Da Reserva ao Check-In, dos Serviços Disponibilizados ao Check Out, do Café da Manhã ao Room Service. Tudo funciona de forma a oferecer uma experiência de excelência ao "Senhor Hóspede" Mas o que realmente mais chama a atenção quando se fala de Gestão Hoteleira são os seguintes princípios: "o negócio precisa dar resultado e positivo", "toda a operação é monitorada por indicadores" e por final, "as decisões são tomadas, sempre pensando no crescimento do negócio.Simples e diretos, resolvem as coisas da forma que tem que ser, sem pensar nas reações ou manifestações de segundos ou terceiros - Precisa ser feito? É bom para o negócio, vamos em frente, vamos fazer".

É sabido, que o calor humano, aquela relação de atenção e cortesia, na terra do Tio San, deixa muito a desejar de um modo geral, quando se fala de relações humanas. Isso na Indústria Hoteleira Americana, é muito bem resolvido; o staff de um Hotel, atua de forma ativa, para transformar a estada do hóspede em uma experiência única.

Poder participar, que seja um pouco, desse mundo americano da Hotelaria é um privilégio memorável.

© 2016 by IHEC.